Depois de Petrolina…

… Depois de Petrolina, um descanso em Juazeiro. Ah! Petrolina e Juazeiro! Estar sob a sombra de uma árvore gigante, à beira do São Francisco, olhando suas águas cristalinas e bem lá no meio, uma estátua do “Nego d’água”, caboclo matreiro que cuida o rio e aterroriza pescadores e viajantes. Por causa dele, os barcos que antigamente navegavam o São Francisco, traziam uma carranca na proa, invenção dos Guaranis para assustar o “Nego d’água”. E não é que o danado tinha mesmo medo das carrancas? Contam por aqui que ele não atacava as embarcações que as traziam na proa. Urra!

Hoje, as carrancas do São Francisco, continuam cumprindo sua função: sairam das proas das embarcações e passaram a enfeitar as moradias das pessoas. Os artistas que as fabricam afirmam que elas espantam mal olhado.

IMG_5547

Adeus, meu Velho Chico!

Bibi!! Fom! Fom!

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*